(19) 3755.7900
bompeso@bompeso.com.br
Av. Orozimbo Maia, 2205. Campinas/SP

Pesquisa por Marca ou Texto

 

Pesquisa por Ramo de Atividade

 

Projetos

Projetos

Projetamos sua cozinha industrial sob medida, do melhor jeito que você desejar.

Saiba mais
18Jul

Panificação: novas normas aumentam a segurança

O Sebrae, a Associação Brasileira das Indústrias de Equipamentos, Abiepan e a ABNT, lançaram no último dia 30, em São Paulo, duas novas normas técnicas.

O Sebrae, a Associação Brasileira das Indústrias de Equipamentos, Ingredientes e Acessórios para Alimentos (Abiepan) e a Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT), lançaram no último dia 30, em São Paulo, duas novas normas técnicas com o objetivo de garantir um desempenho mais seguro e eficiente de equipamentos do setor de panificação, que estabelecem não apenas requisitos de segurança, mas também padrão, qualidade e higiene de batedeiras planetárias e para modeladoras de massas para pães. São elas:

  • ABNT NBR 15734: Estabelece exigências de segurança e higiene que se aplicam ao projeto e à fabricação de amassadeiras com capacidade entre 5 e 500 litros, usadas para processar vários ingredientes, como farinha, açúcar, gordura, sal, água e outros, na indústria alimentícia.
  • ABNT NBR 15735: Estabelece os requisitos de segurança e higiene que se aplicam ao projeto e à fabricação de batedeiras planetárias, com capacidade entre 5 e 500 litros, usadas para processar vários ingredientes, como cacau, farinha, açúcar, óleos e gordura, carnes magras, ovos e outros, na indústria alimentícia.

O mercado

Segundo o

Programa de Apoio à Panificação (PROPAN), no Brasil existem mais de 60 mil padarias espalhadas por todo território nacional. Dessas, mais de 90% são micro e pequenas empresas num segmento que atende mais de 40 milhões de clientes por dia, gera 700 mil empregos diretos e 1,5 milhão de indiretos. São Paulo é o estado que mais concentra padarias no país, seguido pelo Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul e Minas Gerais.
Devido às mudanças no perfil do consumidor e à entrada de novos empresários no setor, o mercado de panificação tem se tornado cada vez mais concorrido. A maior concorrência vem de supermercados, que atraem os consumidores vendendo pães a preços mais baixos que os praticados pelas panificadoras.
Com isso, pequenos empreendedores estão perdendo mercado. Visando melhoras nos produtos e a possibilidade desses pequenos negócios poderem aplicar preços mais competitivos, essas novas normas foram criadas.

Por que aderir?

De acordo com Heloísa Menezes, diretora-técnica do Sebrae, a ideia é modernizar a produção das panificadoras. A adesão a essas novas normas não será obrigatória, mas recomendada. Ainda segundo Heloisa, o objetivo é o de "engajar fabricantes de equipamentos e padarias a adotar essas normas por ser um caminho para melhorar a produtividade e a competitividade dessas empresas". Dessa forma, pequenos empresários da área de panificação poderão enfrentar o mercado com qualidade, padrão e, como consequência, maior competitividade.
Recentemente, o Sebrae contribuiu também com outras normas para esse segmento, que visavam a redução de gastos e desperdício de energia, além do aumento da produtividade, para que, até o final do convênio (o que ocorrerá em 2017), o setor passe a contar com 12 normas publicadas ou em vias de publicação.
Se você está pensando entrando agora no ramo de panificação ou está pensando em trocar seus equipamentos para adequá-los às novas normas, procure a Bom Peso! Nossos profissionais saberão lhe indicar os melhores equipamentos, de acordo com o tamanho da sua panificadora e com a necessidade do seu negócio.

Princi Agência Web
Avenida Orosimbo Maia, 2.205 Bairro Cambuí. Campinas - SP. (19) 3755.7900

BOMPESO - Equipamentos para Cozinhas Industriais. Todos os direitos reservados.